Uso e Recomendo – Hydrabio Perfecteur da Bioderma

Uma das minhas mais recentes descobertas de beleza foi o Hydrabio Perfecteur da Bioderma.

Para quem não conhece, a gama Hydrabio foi lançada este ano pela Bioderma, e é uma gama dedicada à hidratação profunda, através de um processo patenteado que permite às células reativarem o processo de hidratação (para quem gasta rios de dinheiro em antirrugas, muitas vezes o que a nossa pele precisa é de hidratação extra!). Bioderma Perfecteur SPF 30

Este creme (além de ter FPS30, o que é ótimo pois protege-nos diariamente) tem uma fórmula simultaneamente hidratante e “aperfeiçoador”, com micropérolas que dão luminosidade à pele e alisam-na.

A textura é aveludada e mais espessa, não é um creme ligeiro, mas não é gorduroso, e tem uma cor rosada, ideal para  dar o tal efeito aperfeiçoador à pele. Para quem não usa base é perfeito para dar logo um ar saudável e luminoso. Para quem usa base, funciona quase como um primer.

cnp_6980904

Preço: 19,05€

A gama Hydrabio é composta ainda por creme, sérum, gel e água micelar. Podem ver todos os produtos AQUI.

Mais alguém usa esta gama? O que acham?

Livros para o Verão com 25% de desconto na WOOK

A WOOK sabe que gostamos de levar um livrinho para as férias e hoje está a oferecer 25% de desconto!

Agora nas férias em Menorca li A Rapariga no Comboio de Paula Hawkins. É um livro intenso (ideal para quem gostou dos livros de Gillian Flynn como Em Parte Incerta, Lugares Escuros e Objetos Cortantes.)

Posso dizer que li metade logo no avião! lê-se rápido, a leitura é fluída e não descansamos enquanto não soubermos quem é o “culpado/a”. Recomendo!

4

É apenas uma sugestão mas mas podem ver as minhas sugestões de livros passadas em:

Livros para as férias 2014
Livros para as férias 2015
Livros para o Dia da Mãe
Livros para uma alimentação saudável
Livros para o Natal
Dia Mundial do Livro

Destino de sonho – Menorca

A semana passada estive de férias em Menorca. Era um destino que há muito queria conhecer e este ano foi de vez.

A ilha é linda, com praias selvagens e com pouca gente, e praias maravilhosas mas com mais pessoas. Recomendo ir em Junho, tal como eu fui, pois imagino que no pico do verão as praias e restaurantes fiquem cheios demais. Para quem estiver a pensar ir, aqui ficam as minhas recomendações:

Praias do Sul

São as mais famosas e mais “paradisíacas”. O azul que vemos nas fotos é mesmo assim ao vivo!!

Cala Mitjana

Para mim foi a praia mais bonita, um mar azul turquesa maravilhoso rodeado de rochedos e vegetação e a praia não estava demasiado cheia. NOTA importante! A praia não tem parque perto, chega-se à praia pelo mesmo caminho da Cala Galdana (a praia mais conhecida da ilha) e estaciona-se numa zona habitacional. Depois são cerca de 25 minutos a caminhar até à praia por entre vegetação e caminhos de terra batida. A meio do caminho tem um miradouro de onde se tem uma vista linda para a praia:

mitjana

Apesar de ter acessos difíceis, vale muito a pena!

Cala Turqueta

Pelo nome já dá para ver que a água vai ser do azul mais clarinho que possam imaginar! Também rodeada de rochedos e vegetação, o parque é mais acessível e perto da praia (caminhada de cerca de 5 a 10 minutos mas sempre em piso plano e bem tratado), por isso talvez mais recomendável para quem for com crianças pequenas ou quem não queira andar muito. No parque há um barzinho.

20160613_123344

Cala Macarella e Macarelleta

Foram as praias que mais me recomendaram, mas tive azar no dia em que as visitei. O céu estava um pouco escuro e a água da Cala Macarella, apesar de ser turquesa, tem muitas algas à entrada o que faz com que o aspeto, visto da praia, não seja tão paradisíaco. Para esta praia há um parque pago (5€) a 300 mts da praia e há um parque gratuito a 15 minutos a pé da praia.

DSC02317

Para a Macarelleta, a versão “Mini” da Macarella, tem de se caminhar cerca de 15 a 20 minutos, por entre árvores, penhascos, raízes de árvores etc. Não recomendo fazer praia aqui pois é tão pequena que mesmo num dia nublado não havia meio metro quadrado onde pôr a toalha, mas vale a pena a caminhada para ver a vista e, se o tempo estiver bom, um banhinho no mar e depois voltar à Macarella.

DSC02313

Cala Galdana

É a praia menos selvagem da ilha, com vários hotéis, restaurantes e infraestruturas. É uma baía grande, com mar bonito e onde se podem alugar espreguiçadeiras e não se preocupar com mais nada. Para quem viaja com crianças talvez seja uma das melhores opções pois tem tudo à volta caso seja necessário alguma coisa.

20160613_184306-01

Cala Binigaus

É uma praia praticamente deserta, o mar ligeiramente mais escuro mas muito sossegada. Para aceder a esta praia vai-se até Santo Tomás, estaciona-se num grande parque e o caminho é feito a pé. Este caminho também leva até à Cala Escorxada e Trebalúger, duas praias recomendadas e dizem que são muito bonitas, mas que são a 3 e 4 kms (respetivamente) a pé e nesse dia não nos apeteceu andar tanto.

20160614_163138

Uma maneira de conhecer estas praias é alugar um barco ou reservar um mini cruzeiro. estes passeios de barco normalmente levam-nos às praias mais recônditas.

Praias do Norte

Cala Algariens

As praias do norte não são tão faladas como as do sul mas eu recomendo muuuito esta praia. Além de ser muito acessível (o parque é pertinho da praia, há um parque mais longe mas não estacionem ao engano no primeiro parque, continuem que há um mesmo pertinho da praia).

20160615_131424-01

Esta praia é maiorzinha, com um mar completamente transparente e calminho, como uma piscina, e é bem mais sossegada. Há muito espaço para nos estendermos ao sol sem ter pessoas a meio metro de distância como acontece nas outras praias do sul. É rodeada de rochedos e árvores e se subirem a escarpa á direita conseguem observar outra praia, mais pequena e igualmente sossegada. Para aceder a essa praia há um caminho de cerca de 5 minutos por entre as árvores. Esta praia mais pequena também é linda.

Coisas a ter em atenção nas praias:

  • há muitos nudistas
  • além da Macarella e da Galdana, as praias não têm apoio, ou seja, não há bares, casas de banho, cafés, nada. (a turqueta tem o tal barzinho mas é mais acima, no parque)
  • na maioria das praias há vendedores de água, refrigerantes, batatas fritas e – o melhor! – fruta. Na Cala Turqueta há um senhor a vender coco, melancia e ananás cortado na hora e bem fresquinho.

Onde ficar em Menorca

A oferta hoteleira da ilha não é muito boa. Além de hotéis um pouco antigos e desatualizados, a maioria não fica perto da praia. Apenas na Cala Galdana há dois hotéis bons: Melía Galdana e o Artiem Audax.

Como estávamos dois casais optamos por alugar um apartamento na Ciutadella de Menorca pelo Airbnb e estou super satisfeita com a opção que tomamos. Na Ciutadella estávamos a 5 minutos a pé de tudo: supermercados, padaria, bares e cafés, restaurantes, por isso recomendo a Ciutadella para ficar. O apartamento onde fiquei foi este:

Onde comer em Menorca

Na Ciutadella, o porto é a melhor área para escolher restaurantes. Recomendo o Café Balear (uma parillada de marisco e peixe maravilhosa e um linguado muito bom) e o S’Amarador (arroz de peixe e marisco muito bom). Não comi carne uma única vez🙂

Na Ciutadella, para variar, recomendo a pizzaria Roma, confesso que foram das melhores pizzas que já provei.

Uma coisa que parece especialidade da região são os chipirons: mini (ou será mesmo micro) lulinhas fritas. Em quase todos os restaurantes têm como opção de entrada/para picar.

Para ver: Cova D’En Xoroi

É um bar construído no meio das rochas onde se pode ir ao pôr do sol ouvir uma musiquinha e estar num ambiente chill out (não se vê bem o pôr do sol, que é noutra ponta). Só servem bebidas (não tem comida) e fazem um pouco de má cara a quem vai direto da praia (mas deixam entrar na mesma).

DSC02398

Como ir e que transportes usar

Eu fui pela Ibéria com escala em Madrid mas se for reservado por agência, a partir de Julho há charters (e pacotes com meia pensão mas sinceramente não sei se compensa).

Para nos deslocarmos na ilha, alugamos um carro pela Menorca Rentals e correu tudo lindamente. Convém fazer seguro porque os caminhos para a praia são mesmo estreitos e alguns até “inóspitos”).

Espero que as dicas deem jeito a alguém! Se tiverem mais dicas sobre a ilha partilhem nos comentários, assim ajudamos quem estiver a planear ir😉

Nota: todas as fotos, à exceção da foto de topo do post, foram tiradas por mim.

Trend alert – Vestido branco romântico

Um vestido branco – tal como um preto – é sempre uma boa opção no armário.

Este ano as coleções levaram esta peça ainda mais longe e os vestidos brancos aparecem com looks românticos, com rendas, folhos e chiffon. Alguns looks inspiradores:

cbb92df0366fcad5c79a120bbbecfe7f

Se quisermos reproduzir estes looks, a Mango é o sítio a ir. A coleção deste verão está repleta de vestidos românticos e femininos:

Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.05.06 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.05.13 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.05.34 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.05.40 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.05.22 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.06.26 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.06.12 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.06.03 Captura de ecrã 2016-05-05, às 09.05.50

Adoro! E vocês?

Sigam o Pronta e Vestida: FACEBOOKPINTEREST INSTAGRAM.

Objeto de desejo – Into the Blues da Michael Kors

Isto de ter um blogue é muito bonito, mas todos os dias recebo press releases com novidades, lançamentos, novos produtos, alguns dos quais preferia ficar na ignorância.

É o caso destes relógios da coleção Into The Blues da Michael Kors. Fiquei automaticamente apaixonada e agora já não consigo imaginar a minha vida sem eles😀

Captura de ecrã 2016-04-20, às 08.58.21

P.V.P. 199€

Captura de ecrã 2016-04-20, às 08.58.11

P.V.P. 249€

Nem consigo decidir qual dos dois gosto mais! Estou apaixonada….

Sigam o Pronta e Vestida:
FACEBOOKPINTEREST INSTAGRAM.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 275 outros seguidores

%d bloggers like this: