Arquivo de etiquetas: Beyonce

Fashion Tip – O que vestir num concerto

Estes últimos dias tenho-me deparado vezes sem conta com o cartaz dos concertos da Beyoncé hoje e amanhã. Então decidi criar alguns looks para usar em concertos.

Para mim, num concerto é essencial:

1. Sapatos confortáveis: ir a um concerto, principalmente se for de algum cantor(a) ou banda que gostamos muito, é algo que não temos muitas oportunidades de fazer. Daí defender que devemos evitar tudo o que nos estrague a experiência, e sapatos desconfortáveis são certamente um desses fatores. Para mim é sapatos rasos, giros mas com os quais eu possa dançar, pular e divertir-me o máximo possível.

2. Roupa confortável: Não quero com isto dizer que tenhamos de ir com o camisolão com que andamos em casa ao domingo mas roupa demasiado apertada, decotada ou que nos iniba os movimentos é sempre de evitar. Queremos aplaudir e abanar os braços à vontade.

3. Leveza: Nos concertos, principalmente nestes em que nos mexemos e abanamos bastante e em que está muita gente, o ambiente vai aquecer de certeza. É de evitar usar roupa muito pesada como casacões, ou camisolas demasiado grossas e sim optar por um casaco de malha ou de couro mais leve, que possamos facilmente atar à cintura.

4. Poucos acessórios: Não queremos estar a dançar e a cantar com uma tote bag no ombro. Para concertos recomendo sempre clutchs ou mini- bolsas com alça comprida para usar a tiracolo e onde possamos levar o essencial: bilhete (!), telemóvel, chaves de casa e/ou do carro, máquina fotográfica, lenços de papel, chiclets, dinheiro, cartão do cidadão e outros documentos importantes, batom e pouco mais.

Assim, escolhi algumas peças – todas da Mango – para criar alguns looks que eu usaria se fosse a um concerto. Espero que gostem!

E por aí, quem vai ver a Queen B?

Anúncios

I’m not bossy, I’m the boss

Foram estas as palavras de Beyoncé num vídeo que promove a campanha Ban Bossy (ou, traduzindo, banir a palavra “mandona”), uma iniciativa que pretende promover a liderança nas mulheres.

Segundo esta iniciativa (e é verdade) um menino que seja mandão é rotulado de líder, uma menina é apenas…. mandona (bossy)! Esta iniciativa pretende acabar com este rótulo intimidador e promover a autoconfiança nas crianças do sexo feminino, de forma a que elas, as atuais meninas e futuras mulheres, desenvolvam o seu espírito de liderança.

Desta campanha fazem parte nomes como Beyoncé Knowles, Jennifer Garber, Condoleezza Rice, a estilista Diane von Fustenberg e a atriz Jane Lynch, entre outras.

No Facebook já outras celebridades como Victoria Beckham e Mark Zuckerberg se pronunciaram sobre esta campanha, basta pesquisarem pela tag #banbossy.

Vamos encorajar as nossas meninas. We’re not bossy, we’re the boss!

(página da iniciativa aqui)

Who run the world, girls!

Ou talvez não. Pelo menos é o que diz Beyoncé Knowles num artigo que escreveu recentemente para o Shriver Report, uma iniciativa de Maria Shriver, que reúne artigos com interesse para o mundo feminino.

No seu artigo, intitulado “Gender Equality is a Myth” (=a igualdade de  géneros é um mito) Queen B refere o facto de as mulheres receberem em média muito menos do que os homens e que para mudar isso não são só as mulheres que têm de lutar e mas os homens também.

We need to stop buying into the myth about gender equality. It isn’t a reality yet. Today, women make up half of the U.S. workforce, but the average working woman earns only 77 percent of what the average working man makes. But unless women and men both say this is unacceptable, things will not change. Men have to demand that their wives, daughters, mothers, and sisters earn more—commensurate with their qualifications and not their gender. Equality will be achieved when men and women are granted equal pay and equal respect.

Mais um pouco do artigo pode ser lido aqui e o Shriver Report na íntegra, com colaborações de Jennifer Garner, Eva Longoria, Jada Pinkett-Smith, Barbara Ehrenreich e Hillary Clinton, pode ser descarregado gratuitamente (só hoje) aqui.

Beyonce02_V_4Feb13_pa_P_b