Arquivo de etiquetas: mulheres

Fashion Tip – O que nós detestamos, eles adoram!

Lembram-se da rubrica “o que nós adoramos, eles detestam“, em que vos falo daquelas peças com as quais achamos que arrasamos, mas os homens não acham muita piada?

Pois o contrário também é verdade. Há coisas com as quais nos sentimos menos sexy e é quando eles gostam mais!

Um estudo recente revelou os homens preferem ver a namorada ou mulher de pijama, do que super produzida para sair. Dizem eles que acham que as mulheres ficam mais sexy pois não têm artifícios nem truques (soutiens push-up, etc., vocês sabem do que eu estou a falar) e conseguem ver a sua beleza natural. Também dizem que é porque é quando elas estão mais divertidas.

Sendo assim, e porque os pijamas há muito deixaram de ser aborrecidos e sem interesse, aqui fica uma seleção:

Oysho

Women’Secret

Segue o Pronta e Vestida no FACEBOOK ou no PINTEREST

Porque é que os homens nunca ouvem nada…

…e as mulheres não sabem ler mapas de estrada?

Este é o nome de um livro que eu recomendo todas as minhas leitoras a ler. Em alguns resumos oficiais da obra podemos ler:

Se falar com um homem enquanto ele faz a barba é mais do que provável que ele se corte. Se um homem estiver a pregar um prego e a campainha da porta tocar, pode apostar que dá uma martelada nos dedos. Se falar com ele enquanto conduz é de esperar que se esqueça de virar no cruzamento.”
Tudo o que sempre quis saber sobre os homens e nunca teve coragem de perguntar!
ou
Sabe qual o motivo por que os homens só são capazes de fazer uma coisa de cada vez? E porque é que as mulheres têm tanta dificuldade em fazer marcha atrás? Por que é que os homens nunca encontram manteiga no frigorífico? E por que será que os homens e as mulheres nunca pensam a mesma coisa, no mesmo momento? E por que não deveriam os homens mentir às mulheres?

O livro responde a todas as perguntas acima e muito mais! Pega na premissa das sociedades pré-histórias de homens caçadores de alimentos e mulheres gestoras e protetoras do ninho e transporta-as, comparando-as, com a sociedade de hoje. Que os homens e as mulheres são diferentes já todos estamos cansados de saber. O que não sabemos é o porquê! Este livro responde não só a esta pergunta mas também explica e exemplifica como essas diferenças se manifestam nas mais pequenas coisas do dia a dia e o que fazer para resolver dos mais pequenos aos mais complexos problemas de comunicação entre homens e mulheres. Tudo isto com uma pitada deliciosa de humor, que nos vai roubar sorrisos, nos faz dizer”é isto mesmo, ele é exatamente assim” e que nos vai pôr a pensar que não sou só eu e ele que chocamos em determinados assuntos, são todos os casais modernos. Fiquem com um exemplo que adorei (pelas minhas palavras):

Um casal vai na estrada, num passeio e a mulher diz “Não te apetece um café, João?”. Ele diz que não e continua, no entanto apercebe-se passado um bocado que a mulher estava amuada. Quando finalmente lhe pergunta o que ela tem, ela diz que ele é um insensível, pois ela queria parar há imenso tempo e ele nunca mais parava 🙂 Ele fica a pensar quando é que ela lhe disse que queria parar e a verdade é que ela nunca o disse, insinuou-o, o que, para um homem, é igual a não dizer nada. As mulheres têm um tipo de comunicação indireta e ao perguntar se ele queria parar,estava a comunicar-lhe que ela é que queria parar. Quem também costuma fazer isso que ponha os braços no ar!! (acredito que neste momento haja muitas leitoras a levantar os braços!). Por isso é que muitas vezes os homens nos dizem “Sê direta, diz logo o que TU queres”. Verdade ou não?

As histórias hilariantes sucedem-se mas desenganem-se se pensam que é um livro escrito apenas com base na experiência pessoal do casal que o escreveu (Allan e Barbara Pease). Ambos são psicólogos e para chegarem a estas conclusões levaram a cabo vários estudos psicológicos, ciêntificos (que áreas do cérebro têm mais interferência nos homens e nas mulheres nas mais variadas situações) e antropológicos.

Apesar de já não ser muito recente, é um livro que recomendo vivamente, vão dar grandes gargalhadas e, quem sabe, comunicar melhor com o vosso companheiro, marido, namorado.

E já sabem, quando quiserem parar é só dizer “pára na próxima que quero um café!”

I’m not bossy, I’m the boss

Foram estas as palavras de Beyoncé num vídeo que promove a campanha Ban Bossy (ou, traduzindo, banir a palavra “mandona”), uma iniciativa que pretende promover a liderança nas mulheres.

Segundo esta iniciativa (e é verdade) um menino que seja mandão é rotulado de líder, uma menina é apenas…. mandona (bossy)! Esta iniciativa pretende acabar com este rótulo intimidador e promover a autoconfiança nas crianças do sexo feminino, de forma a que elas, as atuais meninas e futuras mulheres, desenvolvam o seu espírito de liderança.

Desta campanha fazem parte nomes como Beyoncé Knowles, Jennifer Garber, Condoleezza Rice, a estilista Diane von Fustenberg e a atriz Jane Lynch, entre outras.

No Facebook já outras celebridades como Victoria Beckham e Mark Zuckerberg se pronunciaram sobre esta campanha, basta pesquisarem pela tag #banbossy.

Vamos encorajar as nossas meninas. We’re not bossy, we’re the boss!

(página da iniciativa aqui)