Arquivo de etiquetas: viagens

Crónicas da Costa Vicentina

Todos os anos é certo: ou em Junho ou em Setembro rumamos à Costa Vicentina para relaxar e passear em algumas das praias mais bonitas de Portugal.

A região de Aljezur é sempre a escolhida. Não só porque a praia da Arrifana é simplesmente maravilhosa mas porque descobri um sítio perfeito onde ficar e, desde então, tenho lá voltado todos os anos desde 2012: Herdade Monte do Sol.

DSC02079 DSC02080 DSC02076

A Herdade Monte do Sol é um projeto de um casal – o Alvinho e a Sofia – que um dia, há vários anos em Lisboa, decidiram largar tudo e criar este cantinho.  Esta paixão nota-se em cada canto da Herdade, em cada detalhe, na maneira como nos recebem com toda a simpatia e hospitalidade.

As cinco “casinhas” são compostas por sala, quarto, cozinha totalmente equipada, WC, uma mezanine com duas camas de criança e uma varanda com rede (perfeita para nos deitarmos a ler) e uma mesa com guarda-sol ideal para almoçar uma tosta de pão Alentejano. Aqui, no meio de animais de todas as espécies (cães, gatos, cabrinhas, cavalos, patos, etc.) sentimo-nos completamente em casa, com aquele cheirinho típico do Alentejo e um silêncio que não encontramos em mais lado nenhum.

DSC02107 DSC02087 DSC02083 DSC01984

E a vantagem é que é a dois minutos da praia da Arrifana, uma das minhas preferidas no mundo!

20150617_095626

Se forem como eu e adorarem pequenos-almoços de hotel, aqui vão gostar ainda mais: todas as manhãs o Alvinho faz croissants e pão alentejano quentinho a sair do forno, acompanhado por vários tipos de queijo, compotas, flocos, pratos com fruta e doces ou bolos caseiros típicos da região.

O sucesso da Herdade vê-se pela quantidade de famílias (como eu) que já vão para lá há vários anos e nunca se cansam. Ali sentimo-nos parte da família e é sempre bom voltar! Se ainda estão a planear as vossas férias por cá recomendo vivamente!

DSC02075

E vocês, têm algum cantinho em Portugal que gostem de voltar vezes sem conta? Partilhem comigo e com as restantes leitoras!

Não se esqueçam de participar no Passatempo Pantene. Tenho 5 kits da gama Prevenção Queda para oferecer. Saibam como participar AQUI.

Anúncios

Destinos de sonho – Roma

Fevereiro, Março e Abril normalmente são meses de escapadinhas. Temos o Carnaval, a Sexta-feira Santa e a Páscoa e muita gente aproveita para passar 3 ou 4 dias numa cidade diferente.

Além de Florença e Praga, que já aqui mencionei, uma das cidades que mais me marcou foi Roma. Foi a primeira capital europeia que visitei como “adulta” (entretanto já repeti umas vezes) e essa experiência, aliada ao facto de adorar a Antiguidade Clássica, fez com que a cidade ficasse para sempre marcada na minha memória, tanto que foi das primeiras cidades que revisitei quando conheci o meu marido.

Colosseum_in_Rome,_Italy_-_April_2007

Como ir?

Para Roma há variadíssimas opções, sendo que a Ryanair e TAP são as mais frequentes. Por vezes os preços não são assim tão diferentes, por isso para uma viagem de cerca de 3h30 recomendo TAP.

O que fazer?

Roma é uma cidade monumental, em casa esquina há um monumento imponente, de grandes dimensões e aos quais ninguém fica indiferente. Para visitar recomendo o Coliseu, Fórum Romano, Praça de Espanha, Piazza Navona, Vaticano e claro, Fontana di Trevi. Em relação a museus gostei muito dos Museus Capitolini e dos Museus do Vaticano, que terminam (depois de uma caminhada de 2h30) na famosa Capela Sistina. Apesar da quantidade de turistas e dos guardas constantemente a dizer “no photo”, a Capela Sistina vale a pena, não só pela obra que é atualmente, mas pela história que tem associada.

Creación_de_Adán_(Miguel_Ángel)

Para passear recomendo… tudo! Todas os recantos são bonitos mas a zona do Coliseu com as ruínas, a Piazza Navona, as margens do Tevere com o Vaticano iluminado ao fundo e a zona de Campo di Fiori são as minhas preferidas.

Para compras, nada melhor do que a Via Venetto e Via Condotti, onde vemos as melhores marcas de luxo concentradas em poucos metros quadrados.

Por fim, quem tiver tempo, aconselho a subida ao  Monte Gianicolo, onde Nero viu Roma a arder e de onde se tem uma vista panorâmica fantástica da cidade.

Rome

Onde comer?

Roma tem imensos restaurantes e pizzarias, desde os mais baratos aos mais caros. Para o almoço, as ruelas à volta do Campo di Fiori e da Piazza Navona têm sempre ótimas alternativas a preços razoáveis, desde pizzarias a trattorias. Podem, no entanto, ser um pouco turísticas. Para ter uma ideia verdadeiramente romana da vida noturna, o meu conselho é jantar e passear no Trastevere, do outro lado do rio, onde os verdadeiros romanos costumam jantar e onde se vê poucos turistas. Aí deliciem-se com risottos e frutos do mar fantásticos, assim como a pasta.

Onde ficar?

Em Roma há hotéis fantásticos e várias zonas que podem ser consideradas “centrais”. Eu fiquei no Kolbe Hotel Roma, na zona do Coliseu e gostei bastante. O Hotel é ótimo, quartos grandes e modernos, um bom pequeno-almoço, um jardim com vistas para o fórum romano e perto das principais atrações. Recomendo!

Conhecem Roma? Têm mais algum conselho para dar?

Destinos de sonho – Praga

Em relação a destinos que adorei conhecer, já aqui vos falei de Florença e da Toscânia, e hoje falo-vos de Praga: como ir, o que fazer, o que mais gostei.

Praga

Praga é uma cidade linda mas relativamente pequena. Três dias na cidade chegam perfeitamente para ver e conhecer tudo. Além disso é uma cidade extremamente barata, come-se muito bem e barato e em restaurantes muito bonitos.

Para ir não há muita hipótese de low cost. As hipóteses são pela TAP ou Lufthansa, quase sempre com escala em Frankfurt, mas com antecedência conseguem-se bons preços. Em relação a hotéis, há milhares, muito bons e a bons preços. Eu escolhi o Barceló Old Town Praha, por estar mesmo mesmo no centro (perto de tudo) e gostei bastante do hotel.

prague-by-night

Praga é uma cidade antiga, medieval, parece uma cidade “encantada” cheia de torres e castelos. Para visitar recomendo a Praça Velha, a Torre do Relógio Astronómico (subam lá acima de noite e maravilhem-se com a vista), o Castelo, a Rua do Ouro, a Ponte Carlos e aconselho vivamente a explorarem as ruelas da cidade. Quanto a compras, o bairro judeu (Josefov) é uma perdição, com todas as lojas de luxo que possam imaginar.

Para almoçar, recomendo o Café Slavia, em frente ao rio e com menus de almoço, ou o Café Café, um bar da moda mas com uma tostas quentes deliciosas. Para o lanche, e não deixem mesmo de o fazer!, recomendo um bolo e um chá ou capuccino num dos cafés típicos da cidade, inspirados na Art Deco parisiense. Os bolos são divinais e o ambiente é fantástico, alguns turistas mas também muitos locais, algo que eu aprecio bastante. Quanto aos cafés, no Café Louvre, Café Orient ou Café de Paris ficam sempre bem servidos. Neste também se janta divinalmente! Não deixem de provar o pato, onde quer que jantem, pois é uma especialidade e eles cozinham-no como ninguém.

old-town-square-9

Para quem gostar de gelados (há alguém que não gosta?) recomendo o Angelatto, uma gelataria artesanal na mesma rua do Café Café, ou seja, é uma ótima maneira de terminar um bom almoço.

Se tiverem um tempinho extra, recomendo apanharem o metro e visitarem Vysehrad, um castelo muito bonito – e romântico – na periferia da cidade.

Fotografoval: Libor Svacek, Kaplicka 447, Cesky Krumlov, 381 01 CZ

Segue o Pronta e Vestida no FACEBOOK ou no PINTEREST

Destinos de sonho – Florença

Uma das cidades que mais prazer me deu conhecer foi Florença. A cidade é linda, parece um museu gigante ao ar livre e vim de lá apaixonada. A cada minuto sentia que iria descer a família Médici pela escadaria, de tão bem que a cidade está conservada e mantém aquela aura renascentista.

Sunset_over_florence_1

Para ir recomendo voar pela Ryanair até Bolonha ou Pisa (a cerca de 1h de Florença) ou pela TAP ou Lufthansa até Florença mesmo.

Em Florença é difícil dizer o que ver, vale a pena passear o mais possível e conhecer cada rua pois, acreditem, há tesouros escondidos em cada ruela e a cidade faz-se mesmo muito bem a pé. O Duomo é obrigatório e a vista lá de cima é fantástica. Além disso, recomendo o Batistério, as Galerias Uffizi, a Ponte Vecchio, Piazza della Signoria (uma praça enorme sempre cheia de gente e animação) e o Palazzo Pitti. 

Para visitar um pequeno monte do outro lado da cidade, aconselho fazer o city tour num autocarro panorâmico. O autocarro pára na Piazalle Michelangelo, de onde se tem uma vista panorãmica da cidade. Muito romântico! 🙂

Dois dos sítios onde mais gostei de comer em Florença foi no Il Santo Bevitore, um restaurante “da moda”, bem decorado com motivos da Toscânia e onde recriam os pratos típicos mas de forma moderna e mais sofisticada e Il Cinghiale Bianco, uma espécie de taberna, mas com pratos de comer e chorar por mais, nomeadamente o tiramisu, que eu – não sei como – nunca tinha comido!! Mas uma das melhores experiências foi sem dúvida os gelados, nomeadamente a Gelataria Venchi. Para vocês verem como os gelados eram bons, eu e o meu namorado comíamos o gelado a pé dentro da própria gelataria e ainda não tínhamos acabado um e já estávamos na fila para comprar o próximo 🙂 nada guloso, este casal!!

Para fazer comprinhas há todas as lojas que possam imaginar, nomeadamente algumas ruelas escondidas com as maiores marcas de luxo. Na Ponte Vecchio também têm dezenas de joalharias, algumas com peças lindas. Além disso, por toda a cidade há mercados onde vendem bolsas, casacos de pele, lenços etc. Eu é que estava um pouco limitada com a mala, senão teria trazido imensa coisa.

A Toscânia (ai ai…) é capaz de ter sido um dos sítios mais bonitos onde já estive. Preferimos alugar um carro e ir para a “montanha” pelas estradas rurais para podermos parar e apreciar a paisagem e foi o que fizemos melhor, os montes com casinhas isoladas, as vinhas, as cidades ao fundo… tudo é um sonho, parecia um filme. Depois as cidades parecem de bonecas, Siena apesar de bastante turística e labiríntica, é muito bonita mas sobretudo San Gimigniano, uma cidade minúscula cheia de torres, flores à porta das casas, esplanadas cobertas de vinhas e bons vinhos.

Se algum dia forem ou estiverem a pensar ir lá e precisarem de dicas, não tenham problemas em perguntar (prontaevestida@gmail.com).

Segue o Pronta e Vestida no FACEBOOK ou no PINTEREST